• Grupo Reviver

Como a mamografia pode indicar risco de doença cardiovascular



No último dia 15 de março, foi divulgado pela American Heart Association e publicado na revista científica Circulation: Cardiovascular Imaging um estudo que aponta como as calcificações encontradas nas mamas estão vinculadas ao risco de doenças cardiovasculares.


Foram realizados exames de mamografia em mais de 5.000 mulheres norte-americanas para analisar se as BACs (calcificações arteriais da mama) visualizadas na imagem tinham alguma relação com a doença cardiovascular aterosclerótica. Os resultados da pesquisa mostraram que as mulheres que tiveram calcificação arterial da mama presente em sua mamografia tinham 51% mais risco de desenvolver doença cardíaca.


A calcificação da artéria mamária é caracterizada pelo acúmulo de cálcio na camada média da parede da artéria mamária, que está diretamente associado ao fator envelhecimento, diabetes tipo 2, pressão alta e inflamação, para além disso, é também um indicador de rigidez nas artérias.


O principal ponto deste estudo não é alarmar a população, mas servir como utilidade preventiva, pois revela que a mamografia, além de já ser uma ferramenta importante na detecção do câncer de mama, também pode indicar precocemente doenças ligadas ao coração, e aumentar as chances de cura e tratamento após diagnóstico precoce.


LEIA A MATÉRIA COMPLETA EM: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2022/05/09/como-a-mamografia-pode-indicar-risco-de-doenca-cardiovascular.amp.htm

4 visualizações0 comentário