• Grupo Reviver

O câncer de mama é mais comum em mulheres do Sul e no Sudeste.

Considerando as regiões brasileiras, o câncer de mama é mais comum em mulheres do Sul e no Sudeste: as incidências são de 73,07/100 mil e 69,50/100 mil, respectivamente. Nas outras três regiões, os números são bem menores: as taxas são de 51,96/100 mil no Centro-Oeste, 40,36/100 mil no Nordeste e 19,21/100 mil no Norte.

Prevenção e fatores de risco. O World Cancer Research Fund (Fundo Mundial de Pesquisa ao Câncer, em inglês), associação sem fins lucrativos que serve como unificação para as instituições de combate ao câncer, divide os fatores de risco do câncer de mama — ou seja, as condições que aumentam a probabilidade de uma pessoa desenvolver a doença — em níveis relacionados ao número de evidências científicas encontradas. São considerados fatores com fortes evidências sedentarismo, sobrepeso e obesidade, consumo de bebidas alcoólicas e uso de hormônios (principalmente anticoncepcionais orais que contêm estrogênio e progesterona).

Por isso, recomenda-se que, para prevenir a doença, as mulheres pratiquem exercícios físicos, tenham uma dieta saudável e evitem o consumo de álcool. Há também evidências de que a amamentação diminui as chances de desenvolvimento do tumor.

FONTE: https://aosfatos.org/noticias/desenhamos-fatos-sobre-o-cancer-de-mama/

1 visualização0 comentário