• Grupo Reviver

O FUMO E O CÂNCER DE MAMA

Mulheres que fumam têm um risco particularmente maior de contrair câncer de mama.

Alguns estudos indicam que o tabagismo tem uma relação direta com vários tipos de câncer.

Durante a amamentação, o cigarro diminui a produção e afeta os nutrientes do leite. Aumenta o risco de mastite (infecção da mama), além de estar relacionado à aumento de risco de câncer de mama em mulheres que fumam grande quantidade há muito tempo.

No caso das que estão em tratamento oncológico, manter o cigarro aceso pode piorar a sua sobrevida, ou seja, ele pode reduzir o tempo de vida após o diagnóstico da doença.


11 visualizações0 comentário